Casas inteligentes: afinal, o que é internet das coisas?

Já imaginou ter controle das ferramentas da sua casa via internet? Dando comando para diversos itens à distância com apenas um clique? Parece coisa de cinema, mas, essa realidade já existe e são chamadas de casas inteligentes. Elas são criadas a partir de um novo conceito: a Internet das coisas.

Esse tipo de tecnologia foi desenvolvido para gerar maior conforto e praticidade aos usuários dentro de suas residências. Desse modo, as casas inteligentes estão ganhando cada vez mais espaço no mercado como uma aposta para o futuro do comércio imobiliário.

Ficou interessado? Então, confira neste artigo como funciona essa tecnologia e quais as vantagens que trará para seu conforto no dia a dia!

O que são casas inteligentes?

O termo “casa inteligentes” é uma referência mais popular para a automação residencial, que trabalha o processo de instalação da internet das coisas. Com ela, é possível controlar ferramentas da casa com o uso da internet, otimizando sua prática nas tarefas habituais.

Essa tecnologia funciona por meio da identificação por frequência de rádio, enviando ondas para os aparelhos que estão conectados à internet. Atualmente existem três tipos diferentes de sistemas de instalação para as residências, confira abaixo.

  • autônomo: operam de forma independente sem a necessidade de um central de controle externo;
  • integrado ou centralizado: operam com todas as suas funções utilizando uma central de controle na forma de um microprocessador;
  • complexo: unifica todos os sistemas dos aparelhos domésticos da casa.

Os imóveis com automação residencial podem ser adquiridos comprando a casa na planta, para um serviço mais personalizado.

Quais são os benefícios atrelados às casas inteligentes?

Certamente, o principal benefício das casas inteligentes é o conforto que a tecnologia pode oferecer para o dia a dia do usuário. Contudo, há também outros fatores que agregam valor a esse tipo de serviço, como o monitorar os filhos, ampliar a segurança da casa, e melhorar a qualidade de vida.

Além do conforto e maior controle da residência como um todo, a automação residencial também traz mais economia. O aparelho só funcionará quando ordenado, sem a necessidade de estar ligado 24h por dia, ou seja, os custos com energia são reduzidos consideravelmente.

Quais itens já passaram pela transformação?

As empresas que lidam com a produção de casas inteligentes estão todo dia desenvolvendo novos recursos para integrar mais e mais aparelhos no sistema. Alguns deles já são amplamente utilizados e podem ser acobertados por seguros residenciais dependendo da empresa.

Lâmpadas

A tecnologia de automação mobiliária transforma a simplicidade das lâmpadas em uma função muito mais dinâmica. Com ela é possível mudar a cor e intensidade do brilho como também programar horários específicos para que acendam ou se apaguem.

Fechaduras

Essas fechaduras eletrônicas entregam ao usuário a capacidade de trancar e destrancar as portas da casa diretamente pelo celular, sem a necessidade de chaves. Também é possível cronometrar horários para as trancas, além de permitir acesso a familiares e amigos para manusearem esse tipo de função.

Persianas

As persianas eletrônicas respondem ao comando no celular, abrindo e fechando de acordo com o usuário. Algumas, inclusive, possuem mecanismos que se ajustam à intensidade da luz solar para se posicionarem de forma ideal ao ambiente.

Você não precisa mais esperar o futuro chegar, ele já está aqui! As casas inteligentes apontam o rumo das próximas inovações no dia a dia das pessoas em todo o mundo. Logo, em algumas décadas, essa tecnologia será cada vez mais ampla e é nosso dever acompanhá-la.

Esse conteúdo foi relevante para você? Então, deixe seu comentário no post, sua opinião é muito importante para nós!

Leave A Comment