Comprando com consciência: como viver de modo sustentável?

Fazemos parte de uma sociedade que se mostra, muitas vezes, consumista e materialista. O desejo de “ter” costuma falar mais alto que a verdadeira necessidade de possuir e/ou utilizar alguma coisa.

Nesse contexto, a pergunta que não quer calar: é possível viver de modo sustentável? Pode até não ser fácil, mas, sim, é possível. Rever conceitos, estar aberto a mudanças e se questionar sobre a real necessidade de adquirir determinado produto é uma ótima maneira de começar a adotar uma nova postura.

Pensando em ajudar você nessa jornada, listamos alguns pontos que devem ser considerados com o objetivo de comprar de forma mais consciente e viver de modo sustentável. Continue a leitura e saiba mais!

Analise se realmente precisa adquirir o produto em questão

Esse é um item muito importante. Já diz o ditado que “a propaganda é a alma do negócio” e, provavelmente, você já deve ter sentindo uma “vontade” enorme de comprar algo depois de assistir a alguma campanha publicitária, não é mesmo?

Antes de comprar, veja se precisa mesmo do produto. Tenha certeza de que aquilo que você pretende adquirir vai ser utilizado por um bom tempo, e não é uma necessidade apenas naquele determinado momento. Lembre-se: comprar algo sem realmente precisar é o mesmo que gastar dinheiro à toa.

Saiba exatamente o que quer comprar

Antes de ir a uma loja ou a um supermercado, por exemplo, tenha em mente o produto que você precisa. Caso contrário, você corre o risco de agir por impulso e levar itens que nem vai utilizar. Veja quais são as opções que o local possui, analise os preços e as características da mercadoria que você necessita, e verifique a qualidade e o tempo de vida útil. Tudo isso certamente vai fazer você pensar, no mínimo, duas vezes antes de comprar coisas desnecessárias.

Evite usar sacolas e outras embalagens

Vários estabelecimentos comerciais ainda fazem uso de sacolas de plástico e caixas de papelão para empacotar e transportar os produtos que comercializam. Essas embalagens, geralmente, precisam de uma grande quantidade de matéria-prima para que sejam confeccionadas e, na maioria das vezes, não são descartadas da maneira adequada, o que gera um impacto negativo no meio ambiente.

Por isso, o ideal é investir nas ecobags. Elas são bolsas normalmente feitas de algodão que, quando necessário, podem ser lavadas e reutilizadas diversas vezes. Além disso, são biodegradáveis.

Faça o descarte correto dos produtos

Antes de fazer o descarte, tenha certeza de que o produto não vai mais ser útil, para você ou outra pessoa. Afinal, alguns itens (como roupas, sapatos, livros, cadernos já usados, mas com algumas folhas em branco, entre outros) podem ser reutilizados ou doados.

Se não houver essa possibilidade, faça o descarte de forma adequada, separando o material orgânico (que também pode ser aproveitado e utilizado como adubo) do material reciclável (que pode ser destinado a associações ou a cooperativas que trabalham com reciclagem). Algumas cidades, inclusive, dispõem de coleta seletiva de lixo.

Viver de modo sustentável não é assim tão difícil. Sem dúvidas, nós precisamos consumir produtos e serviços, mas isso pode — e deve — ser feito de forma consciente, considerando os impactos sociais e ambientais das nossas ações, e não apenas em satisfazer nossas “vontades”.

De qualquer forma, não se esqueça: ter uma vida saudável, passar um tempo de qualidade com a família e os amigos, e desfrutar de momentos tranquilos e agradáveis em casa é muito melhor que “comprar por comprar”.

O que você achou das nossas dicas sobre como viver de modo sustentável? Tem alguma outra sugestão? Gostaria de compartilhar alguma experiência com a gente? Então, deixe seu comentário!

Leave A Comment